Deseja Deus que você não sofra?

Deseja Deus que você não sofra?

Sempre ouvimos pessoas dizer: “Graças a Deus tudo acabou bem”, “Se Deus quiser, tudo vai dar certo”, “Tudo bem graças a Deus”, e outras expreessões similares. Ainda, quando estamos numa situação difícil é normal oramos e pedirmos ajuda a Deus. Nesta hora imaginamos (e desejamos) que ele nos ouça e que possa nos ajudar. Mas será que Deus realmente tende a nos proteger? Será que Deus realmente deseja que nós não soframos? Baseado em que imaginamos que Deus quer o nosso bem estar? Baseado em que imaginamos que Deus poderá nos proteger, ou deseja nos proteger? Vamos analisar alguns pontos que poderão nos ajudar a compreender melhor isso. Referente à sua CRIAÇÃO Bem, se você crê em Deus, então deve crer na criação, vamos então analisar um pouco tudo o que Ele fez. Ao olharmos para os insetos, o que vemos? Vemos insetos calmos, mansos, tranquilos ou vemos insetos que matam, brigam tem garras e carapaças, como se estivessem armados e prontos para uma guerra? Falando de alguns deles, o que faz a aranha viúva negra após o acasalamento? Mata o seu parceiro! E a fêmea do louva a deus? Come a cabeça do macho que a inseminou. Já percebeu como é um besouro? Parece um tanque de guerra, com garras enormes. E as formigas? Também dotadas de grandes garras. Já a maior parte das aranhas são venenosas e por falar em veneno, temos também o escorpião, com garras, veneno e ferrão. Por falar em ferrão, e as abelhas e as vespas? Em resumo, olhando para os insetos parece que o criador os preparou mesmo para a guerra. Mas mudando um pouco de categoria, o que...

Carta a STV sobre ressurreição

Conforme já dito anteriormente, alguns assuntos começaram a me incomodar com relação aos ensinamentos do Corpo Governante. Um deles era com respeito à ressurreição. Eu não enxergava (e nem enxergo) na Bíblia nenhum texto que apoie que os ressuscitados da não se casariam, ou não seriam dados em casamento. Este ensinamento dado por Jesus era apenas para os da classe dos ungidos e nunca para os da Grande Multidão. Tendo falado sobre este assunto com os anciãos da minha congregação, fui orientado a falar com o Superitendente de Circuito que, sem saber o que me dizer, me mandou falar com Betel. Foi o que eu fiz, mas antes, fui orientado a escrever uma carta. Segue abaixo a carta que eu enviei a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados com respeito à ressurreição Na época, sem saber o que me dizer, a única explicação que me deram foi: “Vamos acreditar em Jeová e no seu Corpo Governante. Se o Corpo Governante diz que os mortos não se casarão nem serão dados em casamento, eles devem saber o que falam, o irmão não concorda? Lembremos que a organização de Jeová é perfeita!” 24 anos depois eles respondem a uma pergunta dos leitores mudando tudo, com outra explicação, dizendo que isso é um novo entendimento. Confesso que, para quem diz compreender tão bem a Bíblia, minhas conclusões eram (e continuam sendo) muito simples e óbvias e eles jamais poderiam se enganar com assuntos tão básicos e que afetam tantas pessoas, principalmente por posarem de detentores da verdade de terem uma relação íntima com o Criador, de serem seu povo e de serem...

A controversa genealogia de Jesus

Para quem defende que a Bíblia não tem contradições temos aqui uma situação bastante delicada. O capítulo 1 de Mateus e o capitulo 3 de Lucas apresentam genealogias aparentemente irreconciliáveis entre Davi e Jesus. Além da grande diferença nos nomes, com no máximo 4 nomes coincidentes (isso se o “Matat” em Mateus corresponder ao “Matã”, em Lucas), ainda temos uma boa diferença na extensão das listas, sendo a de Lucas mais longa. Algumas hipóteses foram criadas para harmonizar as duas listas. Uma das mais conhecidas diz que a genealogia em Mateus corresponde a de José e a de Lucas a de Maria, mas não há qualquer indicação disso nos textos, até porque traçar uma genealogia pela mãe seria inadequado em um ambiente judaico. O mais provável é que sejam apenas criações apologéticas buscando provar que Jesus era o Messias. Confira abaixo as genealogias dos dois escritores bíblicos: Segundo MATEUS Segundo LUCAS Davi Davi Natã Matatá Salomão Mená Abias Meléia Asa (ou Asaf) Jonã Eliaquim José Josafá Judá Jorão Simeão Ozias Levi Joatão Matatá Acaz Jorim Ezequias Eliezer Manassés Josué Amon (Amós) Her Josias Elmadã Jeconias Cosã Adi Melqui Neri Salatiel Salatiel Zorobabel Zorobabel Resá Joanã Jodá Josec Abiud Semei Eliaquim Matatias Azor Maat Sadac Nagai Aquim Esã Eliud Naum Eleazar Amós Matataias José Janai Melqui Levi Matã Matat (Matã) Jacó Eliezer José José Jesus...

Jesus

Bem, outra ententidade que precisamos por em cheque é a figura de Jesus Será que ele existiu mesmo? Bem, se formos olhar a Bíblia já iremos nos deparar com um grande problema, ela mesma falha feio em dizer sua ascendência, veja:   Além disso, veja quantos historiadores conteporâneos de Jesus fala sobre sua existência:   Sinto ser novamente portador de más notícias, mas esta é só uma breve introdução sobre o Cristianismo, assunto que ainda iremos conversar muito a...